Atrações Turísticas

Jardim Botânico
Uma área de 39 hectares abriga uma coleção de 3 mil exemplares de 653 espécies arbóreas, tornando assim o Jardim Botânico do Rio Grande do Sul um dos cinco maiores do Brasil. Inaugurado em 1958, o espaço é dedicado ao cultivo e estudo de plantas da região. Os visitantes podem apreciar a diversificada flora nativa gaúcha, incluindo várias espécies em extinção, participar de atividades educativas e passar momentos de lazer, percorrendo trilhas e apreciando um belo cenário natural.
Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS
Interativo, o museu está localizado junto à PUC, no bairro Partenon. Por meio de seu acervo e de exposições temporárias, gera, preserva e difunde o conhecimento, contribuindo para o desenvolvimento da educação, da ciência e da cultura. Seus eventos despertam no visitante a curiosidade e o gosto pelas ciências. Lá é possível encontrar peças paleontológicas de aves e animais empalhados, e amostras de recursos minerais brasileiros.
Mercado Público
Patrimônio histórico e cultural de Porto Alegre, foi construído em 1869 para abrigar o comércio de abastecimento da cidade. Além de apreciar o imponente prédio de arquitetura neoclássica, tombado em 1979 como bem cultural, o turista pode fazer boas compras. Há grande diversidade de iguarias, como o famoso mate, produtos naturais, especiarias e artesanato. Também concentra diversas atividades culturais, como shows, exposições e saraus.
MARGS – Museu de Arte do Rio Grande do Sul
Fundado em 1954, sob a direção do pintor, professor e museólogo Ado Malagoli, é hoje o maior e mais importante acervo público dedicado à arte gaúcha e um dos mais importantes museus do Brasil. A maior parte de suas obras são gravuras que têm como suporte o papel, cobrindo assim a história da arte gráfica gaúcha. Localizado na Praça da Alfândega, no centro da cidade, sedia principalmente mostras de artistas locais, mas também recebe importantes exposições internacionais.
Casa de Cultura Mário Quintana
Hoje um dos maiores centros culturais do Brasil, abriga espaços voltados para o cinema, a música, as artes visuais, a dança, o teatro e a literatura. Localizado no centro histórico da cidade, sedia eventos e oficinas que homenageiam grandes nomes da cultura do Rio Grande do Sul. O prédio, considerado patrimônio histórico, era do famoso Hotel Majestic e foi transformado na Casa de Cultura em 1990. Leva o nome do poeta que viveu durante muitos anos naquele hotel.
Teatro São Pedro
Também localizado no centro, o teatro mais antigo de Porto Alegre é um polo artístico, social e político do país desde a sua fundação, em 1858. Já recebeu em seu palco, galerias e camarotes, diversos espetáculos, artistas e personalidades como Villa-Lobos, Cacilda Becker, Marcel Marceau, Olavo Bilac e Getúlio Vargas.
Parque Moinhos de Vento Leva este nome por ter, em sua área, moinhos do século XVIII, que transformavam o trigo em farinha. Composto por uma grande área verde, no bairro Parcão, é ideal para o contato com a natureza e a prática esportiva, com uma grande infraestrutura, incluindo pistas de jogging, patinação, quadras de futebol, tênis, vôlei, entre outros.
Parque da Redenção
Conhecido também como Parque Farroupilha, foi tombado em 1997 e é o preferido dos moradores de Porto Alegre. Lá é possível realizar as mais diversas atividades, como praticar esportes, tomar sol, reunir-se com amigos para saborear o tradicional chimarrão… O parque conta ainda, em seus 370 mil m2, com 45 monumentos, brinquedos, um minizoológico e um complexo desportivo. Aos domingos, acontece o Brique da Redenção, uma feirinha que reúne artesanato, alimentos e antiguidades.
Fundação Iberê Camargo
Maria Coussirat Camargo, viúva do pintor gaúcho Iberê Camargo, que foi um importante nome na arte brasileira do século XX, criou a Fundação em 1995 a partir de sua coleção formada por obras guardadas ao longo de 50 anos, com o objetivo de preservar e divulgar o trabalho do artista. A Fundação está localizada no bairro Cristal, às margens do rio Guaíba.
Arena do Grêmio
Inaugurado em 2012, o estádio do tricolor gaúcho é o mais moderno complexo multiuso da América Latina, com infraestrutura para realizar diversos eventos esportivos, sociais e culturais. Localizada no bairro Humaitá, a Arena oferece para os torcedores gremistas e visitantes tours guiados pelos principais setores do estádio.
Beira Rio
Estádio-sede da Copa do Mundo de 2014, é a casa do time gaúcho Internacional. Construído com a ajuda dos torcedores e inaugurado em 1969, passou por uma reforma entre 2012 e 2014 para se adequar aos padrões exigidos pela FIFA. Localizado às margens do rio Guaíba, o Gigante da Beira-Rio, como é conhecido, foi o único no Brasil a sediar duas Copas do Mundo.
Pôr do sol no Guaíba
Considerado pelos gaúchos como o mais bonito do país, o pôr do sol no Guaíba tornou-se um ponto turístico e cartão postal de Porto Alegre. Não à toa: por volta das 18h30, as águas do rio e o céu dão um show de cores avermelhadas imperdível para os visitantes.
Usina do Gasômetro
Apesar do nome, o prédio abrigou uma importante usina termelétrica de 1928 a 1954, que gerava eletricidade e viabilizava o transporte elétrico na capital. Hoje em dia, é um grande centro cultural, formado por quatro galerias de arte e uma sala de cinema, onde são realizadas diversas atividades e manifestações artísticas, como o projeto de dança e teatro “Usina das Artes”. É também um ponto tradicional para apreciar o pôr do sol no Guaíba, por estar localizada às margens do famoso rio.
Estátua do Laçador
Definida em 1992 por lei municipal como símbolo oficial de Porto Alegre e tombada como patrimônio histórico em 2001, a estátua feita de bronze representa um autêntico gaúcho em seus trajes típicos, e tem 4,45 metros de altura. Foi criada em 1954 pelo artista Antônio Caringi, vencedor de um concurso para a execução de uma escultura que representasse o homem gaúcho, como homenagem ao 123º aniversário de início da Revolução Farroupilha. Localizada na entrada Norte da cidade, dá as boas-vindas a quem chega a Porto Alegre.