Associe-se

41º CONGRESSO DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA DO RIO DE JANEIRO

INSCREVA-SE (SOMENTE NO LOCAL) INSCRIÇÕES DE TRABALHOS

original_img-6IzTp0au-img

Data: 06 a 08 de Julho de 2017
Local: Centro de Convenções do Windsor Barra Hotel Rio de Janeiro – RJ


Trabalhos Científicos – Resultado:

Todos os trabalhos científicos aceitos serão divulgados por e-mail (autor principal) a partir do dia 22/06/2017 e serão publicados nos Anais do Congresso, desde que tenham pelo menos um dos autores inscritos.

Valores

CATEGORIA Valores Valores
11/05 a 30/06/2017 01/07 até Congresso
Associado SGORJ e de outra federada com TEGO Quite 2017 R$ 320,00 R$ 480,00
Associado SGORJ e de outra federada Quite 2017 R$ 360,00 R$ 520,00
Residente Associado SGORJ e de outra federada Quite 2017 R$ 150,00 R$ 250,00
Residente não associado R$ 400,00 R$ 570,00
Acadêmico de ligas acadêmicas cadastradas R$ 50,00 R$ 90,00
Acadêmico de medicina R$ 80,00 R$ 150,00
Não Associado R$ 1.050,00 R$ 1.490,00

PROGRAMA PRELIMINAR

06/07/2017 (QUINTA-FEIRA) – CURSOS PRÉ-CONGRESSO
SALA SEGÓVIA 2
13:00 as 18:50 IMAGENOLOGIA MAMARIA PARA CLÍNICOS
O que o clínico de consultório precisa saber sobre Imagenologia Mamária
Conselhos práticos para analisar exames de mama no consultório
Quando e como avaliar mulheres jovens na clinica privada, através da imagenologia mamaria
Como avaliar gestantes, puérperas e lactantes e o que esperar destas avaliações
Imagenologia Mamaria da vigência de TRH
Rastreio individualizado – a nova tendência
Indiquei uma biópsia percutânea: o que eu e meu paciente devemos esperar
Condutas em imagenologia em massas palpáveis
Vigilância por imagem após tratamento primário do Câncer de mama
Ressonância magnetica das mamas. Quando indicar e que devemos esperar
SALA SEGÓVIA 3
13:00 às 17:00 TRATAMENTO E/OU REJUVENESCIMENTO: DA PELE, DO CABELO, DA GENITALIA e DA FACE
Módulo 1: A PELE: O QUE FAZER?
13:00 às 13:20 Na gestação
13:20 às 13:40 Na jovem com acne e estrias
13:40 às 14:00 Na climatérica
14:00 às 14:20 Discussão
Módulo 2: CABELO: O QUE FAZER?
14:20 às 14:40 Queda de cabelo nas diversas fases da vida da mulher.
14:40 às 15:00 Discussão
15:00 às 15:20 Intervalo
Módulo 3: REJUVENESCIMENTO DA GENITÁLIA
15:20 às 15:40 Conceito atual
15:40 às 16:00 Uso do laser: Cosmetico? Terapeutico?
16:00 às 16:20 Discussão
Módulo 4: REJUVENESCIMENTO FACIAL
16:20 às 16:40 Cirurgia e cosmiatria
16:40 às 17:00 Discussão
07/07/2017 (SEXTA-FEIRA)
SALA SEGÓVIA 1
08:00 às 09:00 CURSO INTRACONGRESSO:  Casos Clínicos em DST e PTGI
09:00 às 10:30 TOP TEMAS:  Osteoporose
09:00 às 09:10 Densitometria óssea: é o melhor método diagnóstico ou há outro melhor?
09:10 às 09:20 Qual é aplicabilidade clínica do índice de FRAX?
09:20 às 09:30 Vitamina D: como solicitar e interpretar adequadamente sua dosagem?
09:30 às 09:40 A avaliação do cálcio tem algum valor?
09:40 às 10:30 Discussão
11:00 às 11:30 CONFERÊNCIA: Roteiro prático para rastreio de doenças antes da TH no climatério.
11:30 às 12:30 MESA REDONDA: Sangramento Uterino Anormal: desafios terapêuticos
11:30 às 11:45 Lúpus e Trombofilias
11:45 às 12:00 Disovulias e Anovulias
12:00 às 12:15 Coagulopatias
12:15 às 12:30 Discussão
12:30 às 14:00 Almoço
14:00 às 15:30 MESA REDONDA: Falência ovariana prematura (FOP)
14:00 às 14:15 O que há de novo? As estatísticas mundiais mudaram?
14:15 às 14:30 O que é necessário para um diagnóstico preciso?
14:30 às 14:45 Até quando manter a terapia hormonal?
14:45 às 15:00 Como conduzir a paciente com desejo reprodutivo?
15:00 às 15:30 Discussão
15:30 às 16:00 CONFERÊNCIA: Estradiol transdérmico com progesterona micronizada: é sinônimo de segurança máxima em TH?
16:00 às 16:30 Coffee break
16:30 às 18:00 MESA REDONDA: Síndrome Metabólica
16:30 às 16:45 Estresse, compulsão alimentar e reprodução: qual é o papel do GABA?
16:45 às 17:00 Resistência insulínica e obesidade na SOP: tratamentos integrados que podem melhorar a sensibilidade à I insulina
17:00 às 17:15 Síndrome metabólica após a menopausa: Como conduzir?
17:15 às 17:30 Obesidade e síndrome metabólica em adolescentes
17:30 às 18:00 Discussão
SALA SEGÓVIA 2
08:00 às 09:00 CURSO INTRACONGRESSO: Operatoria Transpélvica
09:00 às 10:30 TOP TEMAS:  Novas Tendências no Rastreio do Câncer de Mama
09:00 às 09:10 Rastreamento do Câncer de Mama: quando, como e até quando?
09:10 às 09:20 Tomossíntese: qual seu papel no rastreamento e diagnóstico?
09:20 às 09:30 Ressonância Magnética das Mamas: para quem?
 09:30 às 09:40 Desafios  e cuidados na avaliação de mamas densas
09:40 as 09:50 Mamotomia com diagnóstico de atipia: como conduzir?
09:50 às 10:30 Discussão
10:30 às 11:00 Coffee break
11:00 às 11:30 CONFERÊNCIA: Câncer de Mama: quanto menos tratamento mais benefício? Papel da Terapia  Personalizada com Base Genômica.
11:30 às 12:30 MESA REDONDA: Saúde Reprodutiva Feminina
11:30 às 11:45 Roteiro investigativo da reserva funcional ovariana: para quem e o que solicitar?
11:45 às 12:00 Estimulação ovariana no consultório: quais os limites? Quando é necessário encaminhar?
12:00 às 12:15 Perda gestacional recorrente: o que avaliar?
12:15 às 12:30 Discussão
12:30 às 14:00 Almoço
14:00 às 15:30 MESA REDONDA: Infectologia Ginecológica
14:00 às 14:15 Corrimento vaginal não infeccioso: como abordar?
14:15 às 14:30 Abordagem sindrômica das úlceras genitais no consultório.
14:30 às 14:45 Atualizações no manejo terapêutico da doença inflamatória pélvica.
14:45 às 15:00 Candidíase vulvovaginal de repetição: como diagnosticar e tratar?
15:00 às 15:30 Discussão
15:30 às 16:00 CONFERÊNCIA: Estado Atual da Cirurgia Conservadora de Mama
16:00 às 16:30  Coffee break
16:30 às 18:00 DEBATE INFORMAL: Pot-pourri sobre a sexualidade feminina da adolescência à senectude: drogas para aumento da libido – orgasmo – vaginismo – desejo sexual hipoativo.
SALA SEGÓVIA 3
09:00 às 10:30 MESA REDONDA:  Manejo da Hemorragia de Primeiro Trimestre no Ciclo Gravídico-puerperal
09:00 às 09:20 Localização indeterminada
09:20 às 09:40 Abortamento evitável
09:40 às 10:00 Prenhez ectópica
10:00 às 10:20 Doença trofoblástica gestacional
10:20 as 10:30 Discussão
10:30 às 11:00 Coffee break
11:00 às 11:30 CONFERÊNCIA: Algoritmo terapêutico atualizado para a hemorragia pós-parto
11:30 às 12:30 MESA REDONDA: Manejo da Hemorragia de Segundo Trimestre no Ciclo Gravídico-puerperal
11:30 às 11:45 Conduta conservadora no DPP
11:45 às 12:00 Novas Tecnologias para o Manejo da Palcenta Prévia
12:00 às 12:15 Trauma em Obstetrícia
12:15 às 12:30 Discussão
12:30 às 14:00 Almoço
14:00 às 15:30 MESA REDONDA: O feto como paciente 1
14:00 às 14:20 Sofrimento Fetal Agudo – Reanimação Fetal Intraútero
14:20 às 14:40 Sofrimento Fetal Crônico: Como monitorizar o feto no Modelo Obstrutivo?
14:40 às 15:00 Sofrimento Fetal Crônico: Como monitorizar o feto no Modelo Metabólico?
15:00 às 15:20 Sofrimento Fetal Crônico: Como monitorizar o feto no Modelo Anêmico?
15:20 às 15:30 Discussão
15:30 às 16:00 CONFERÊNCIA: Arboviroses na Gestação
16:00 às 16:30 Coffee break
16:30 às 18:00 MESA REDONDA: O feto como paciente 2
16:30 às 16:50 Maturidade pulmonar fetal
16:50 às 17:10 O pré-natal do gemelar é diferente?
17:10 às 17:30 Rotura Prematura de membranas antes da viabilidade: a conduta conservadora é segura?
17:30 às 17:50 Complicações no Gemelar Monocoriônico
17:50 às 18:00 Discussão
08/08/2017 (SÁBADO)
SALA SEGÓVIA 1
08:00 às 09:00 CURSO INTRACONGRESSO:  Casos Clínicos em DST e PTGI
09:00 às 10:30 MESA REDONDA:  Oncologia Ginecológica
09:00 às 09:20 Ressonância magnética no câncer de endométrio: é indispensável?
09:20 às 09:40 Tratamento conservador do câncer de colo uterino: quando indicar? O que fazer?
09:40 às 10:00 Ooforectomia bilateral na prevenção do câncer em mulheres de baixo risco: certo ou errado?
10:00 às 10:20 Cuidados intraoperatórios na cirurgia minimamente invasiva para os tumores pélvicos
10:20 as 10:30 Discussão
10:30 às 11:00 Coffee break
11:00 às 11:30 CONFERÊNCIA: Endometriose infiltrativa profunda: FIV ou Cirurgia?
11:30 às 12:30 MESA REDONDA: LARC
11:30 às 11:45 LARC: qual é sua importância em Saúde Pública?
11:45 às 12:00 LARC na Adolescência: quando indicar?
12:00 às 12:15 LARC acima dos 40 anos: qual é a paciente ideal?
12:15 às 12:30 Discussão
12:30 às 14:00 Almoço
14:00 às 15:30 MESA REDONDA: Climatério
14:00 às 14:15 TH aumenta o risco cardiovascular?
14:15 às 14:30 Tratamento não hormonal para os fogachos: quando indicar?
14:30 às 14:45 Via transdérmica: quais suas vantagens?
14:45 às 15:00 Testosterona: é para todas as climatéricas? Qual é o risco?
15:00 às 15:30 Discussão
15:30 às 16:00 CONFERÊNCIA: Como estabelecer uma relação médico-paciente com as Homoafetivas?
16:00 às 16:30 Coffee break
16:30 às 18:00 MESA REDONDA: Dor pélvica crônica
16:30 às 16:50 Como começar e conduzir sua investigação de forma custo-efetiva?
16:50 às 17:10 Como diferenciar a endometriose extragenital das síndromes do cólon irritável e da bexiga dolorosa?
17:10 às 17:30 Quando o tratamento clínico da endometriose é a melhor opção?
17:30 às 18:00 Histerectomia na dor pélvica crônica: vale a pena?
SALA SEGÓVIA 2
08:00 às 09:00 CURSO INTRACONGRESSO: Operatória Transpélvica
09:00 às 10:30 TOP TEMAS:  Manejo de Pacientes de Alto Risco para Câncer de Mama
09:00 às 09:10 Câncer hereditário: o que há além do BRCA?
09:10 às 09:20 Sequenciamento genético: o que é? Para que serve?
09:20 às 09:30 Impacto da mutação do BRCA no tratamento do câncer inicial da mama.
09:30 às 09:40 Mastectomia redutora de risco: quando?
09:40 as 09:50 Lesões proliferativas da mama: qual é risco? Como conduzir?
09:50 às 10:00 Câncer de mama em mulheres jovens: qual é o impacto no prognóstico reprodutivo?
10:00 às 10:10 Recidivas locais e sistêmicas do câncer de mama: como diagnosticar e como conduzir ?
10:10 às 10:30 Discussão
10:30 às 11:00 Coffee break
11:00 às 11:30 CONFERÊNCIA: Vacina do HPV: o esquema de duas doses é eficaz?
11:30 às 12:30 DEBATE INFORMAL: Congelamento de óvulos: como o Ginecologista deve orientar as pacientes?
12:30 às 14:00 Almoço
14:00 às 15:30 TOP TEMAS: Vacinação na Mulher
14:00 às 14:20 Febre Amarela
14:20 às 14:40 HPV
14:40 às 15:00 Esquema vacinal na gestante
15:00 às 15:30 Discussão
15:30 às 16:00 CONFERÊNCIA: Teste do HPV: qual é o valor no rastreio e no seguimento pós-tratamento?
16:00 às 16:30 Coffee break
16:30 às 18:00 MESA REDONDA: PATOLOGIA VULVAR E VAGINAL
-Estética vulvar: uso e abuso
-Herpes genital recorrente: como conduzir?
-Lesão de alto grau de vulva: quando optar pelo tratamento clínico?
-Condiloma acuminado: sempre biopsiar antes de tratar?
-Discussão
SALA SEGÓVIA 3
08:00 às 09:00 CURSO INTRACONGRESSO: Avaliação do Risco de Parto Prematuro: Eduardo Fonseca
09:00 às 10:30 MESA REDONDA: Rastreamento no Primeiro trimestre
09:00 às 09:20 NIPT
09:20 às 09:40 Pré-Eclampsia
09:40 às 10:00 TN e  NIPT: são complementares?
10:00 às 10:20 É possível rastrear a Prematuridade no primeiro trimestre?
10:20 as 10:30 Discussão
10:30 às 11:00 Intervalo
11:00 às 11:30 CONFERÊNCIA: Hemorragia obstétrica a través de casos clínicos: puede descubrir o erro?
11:30 às 12:30 MESA REDONDA: Viroses na Gestação
11:30 às 11:45 Rubeola e Varicela
11:45 às 12:00 Citomegalovirus e Parvovírus
12:00 às 12:15 HIV e HTLV
12:15 às 12:30 Discussão
12:30 às 14:00 Almoço
14:00 às 15:30 MESA REDONDA: Diretriz Nacional de Assistência ao Parto Normal
14:00 às 14:20 Assistência hospitalar: quais são os obstáculos à humanização?
14:20 às 14:40 Visão do Pediatra
14:40 às 15:00 Parto Adequado
15:00 às 15:20 Visão do Anestesista
15:20 às 15:30 Discussão
15:30 às 16:00 CONFERÊNCIA: CIUR
16:00 às 16:30 Intervalo
16:30 às 18:00 MESA REDONDA: Parto Prematuro
16:30 às 16:50 Prevenção na paciente assintomática
16:50 às 17:10 Prevenção na paciente sintomática
17:10 às 17:30 Corticoide e Sulfato de Magnesio
17:30 às 17:50 Via segura para o parto no Prematuro
17:50 às 18:00 Discussão
SALA SEGÓVIA 4
09:00 às 10:30 JORNADA CARIOCA DE ULTRASOM EM G&O
MESA REDONDA: US em Ginecologia e Obstetricia
09:20 às 09:40 Avaliação fetal da Face
10:00 às 10:20 US na avaliação da coluna
10:20 as 10:30 Discussão
10:30 às 11:00 Coffee break
41º CONGRESSO DE G&O DO RIO DE JANEIRO
11:00 às 11:30 CONFERÊNCIA: Prematuridade na Gestação Gemelar: o que é preciso saber?
11:30 às 13:00 MESA REDONDA: Endoscopia Ginecológica: o que as evidências científicas apontam?
11:30 às 11:45 Polipectomia histeroscópica: qual é a melhor forma de ressecção?
11:45 às 12:00 Há indicação de tratamento cirúrgico da endometriose em mulheres assintomáticas?
12:00 às 12:15 Sangramento uterino anormal: ablação endometrial é melhor que o SIU de levonorgestrel?
12:15 às 12:30 A salpingectomia interfere na função ovariana?
12:30 às 13:00 Discussão
13:00 às 14:00 Almoço
14:00 às 15:30 MESA REDONDA: Câncer e Gravidez: como conduzir?
14:00 às 14:20 Câncer de Mama
14:20 às 14:40 Câncer de Colo Uterino
14:40 às 15:00 Neoplasia Trofoblástica Gestacional
15:00 às 15:20 Qual é a melhor forma de preservação da fertilidade?
15:20 às 15:30 Discussão
15:30 às 16:00 CONFERÊNCIA: Rastreamento e Prevenção de Pré-Eclâmpsia e CIUR
16:00 às 16:30 Coffee break
16:30 às 18:00 MESA REDONDA: Conduta na Prematuridade: quando indicar?
16:30 às 16:45 Pessário
16:45 às 17:00 Progesterona
17:00 às 17:15 Cerclagem
17:15 às 18:00 Discussão
2ª JORNADA CARIOCA DE UROGINECOLOGIA DA SBURJ
07/07/2017, Sexta-Feira de 9 às 18 horas  
SALA SEGÓVIA 4
09h00 Abertura e boas vindas
09h00 – 09h10 Vaginismo e vulvodínea: como tratar
09h10 – 09h20 Prolapso apical-posterior com ou sem tela
09h20 – 09h35 Fístula Vesico-vaginal: pós histrectomia e actínica. Diagnóstico e tratamento
09h35 – 09h45 Prolapsos vaginais: tratamento conservador
09h45 – 09h55 IUE pós correção de FVV: Como eu resolvo?
10h00 – 10h10 Incontinência anal – Proctologista
10h10 – 10h20 ITU resistente e recorrente
10h20 – 10h30 Colpocleise: ainda há lugar?
10h30 – 10h40 Perguntas
10h40 – 11h00 Intervalo
11h00 – 11h10 Fisioterapia  na bexiga hiperativa
11h10 – 11h20 Quando a urodinamica faz a diferença?
11h20 – 11h30 Mini-sling: quais são as evidências?
11h30 – 11h40 Diverticulo de uretra: Diagnóstico e tratamento
11h40 – 11h50 Urgencia miccional e iue: trato da mesma forma
11h50 – 12h00 Atrofia urogenital
12h00 – 12h10 Ferramentas virtuais na fisioterapia pelvica
12h10 – 12h30 Perguntas
12h30 – 14h00 Almoço
14h00 – 14h10 Prolapso apical e cúpula: Tratamento laparoscópico ou vaginal?
14h10 – 14h25 Disfunções miccionais complexas: Por onde começar?
14h25 – 14h35 Disfunção sexual na uroginecologia dor pelvica, IUE, BH, Prolapsos, Hipoestrogenismo.
14h35 – 14h45 Estimulação do nervo tibial posterior: quais as evidências?
14h45 – 15h00 Lesão de bexiga e uretra na cirurgia vaginal: posso colocar telas?
15h00 – 15h10 Telas no prolapso anterior: mitos e verdades
15h10 – 15h20 Imagns do assoalho pelvico: TC e RNM
15h30 – 15h50 Perguntas
15h40 – 15h50 Intervalo
15h50 – 16h00 Prolapsos grau 3 e 4: por que usar telas?
16h00 – 16h10 Incontinencia urinária oculta: o que é isso? Sling resolve ou dá problemas?
16h10 – 16h20 Intusão/Extrusão e dor pós sling
16h20 – 16h30 Obstrução e urgencia “de novo” pós sling
16h30 – 16h40 Recidiva de IUE pós Sling
16h40 – 16h50 Por que as telas vaginais complicam?
16h50 – 17h00 Tratamento conservador em extrusão de telas vaginais
17h00 – 17h10 Perguntas

Maiores informações enviar e-mail para: sgorj@sgorj.org.br

  • Parceiros

  • Links

  • Largo do Machado, 54 / Sala 1206 - Catete, Rio de Janeiro/RJ – 22221-020 | (21) 2285-0892