Traumatizadas com talidomida, grávidas rejeitam vacina contra H1N1

via Folha Online – Ciência – Principal em 09/10/09

Mulheres grávidas são inundadas com conselhos sobre o que devem evitar: cafeína, tinta, queijo, sushi. Mesmo quando as evidências de possíveis danos são fracas ou puramente teóricas, a principal advertência é: “Não tome, não use, não faça”. Saiba mais sobre maternidade e infância. Em algumas situações, os avisos são justificáveis; na maioria, são meramente inconvenientes e provocam ansiedade. No caso da gripe pandêmica, entretanto, ele pode ser fatal. Com a segunda onda da gripe suína chegando, e com até 50% das pessoas em risco, o modo usual de pensar sobre gravidez e medicamentos ameaça piorar ainda mais uma situação já preocupante. Leia mais (09/10/2009 – 12h08)

Itarget Tecnologia